domingo, 21 de junho de 2015

SALADA NO POTE

SALADA NO POTE







As saladas em potes de vidro são práticas e simples de se fazer.
Fáceis de preparar, conservar e transportar, as saladas montadas em potes de vidro ganham cada vez mais novos adeptos. Inspirados em costumes da França e dos Estados Unidos a ideia é simples: uma refeição saudável, barata, prática e pronta para ser consumida a qualquer momento.
O importante é seguir a ordem dos ingredientes, usar produtos frescos, sempre conservando tudo em geladeira para que não estrague e, principalmente, usar sempre potes de vidro.

"O plástico contém substancias tóxicas como o  bisfenol- A e ftalatos, que passam para o alimento devido à variação de temperatura ou dano na embalagem e podem causar distúrbios no sistema endócrino, além de deixar o organismo mais sucetível a alguns tipos de câncer", explica a nutricionista Patricia Davidson.

Mas atenção: não é qualquer ingrediente que pode ser usado.
Os queijos, atum, frango desfiado ou outra proteina só devem ser incluídos para consumo no mesmo dia e com um transporte correto (em bolsa térmica, para não ficar muito tempo longe da refrigeração) pois podem azedar.
Molhos com iogurte também não são indicados em alguns casos, opte por algo mais simples como azeite e mostarda.
Na hora de montar, coloque o molho no fundo do pote para que ele não murche a sua salada. No meio, entram os ingredientes mais densos, primeiro os que podem ficar em contato com o molho como, grãos em geral e legumes seguido pelos mais leves e crus (que não devem encostar no molho). Por cima, entram as folhas que podem ser misturadas como agrião, diferentes tipos de alface, brotos e rúcula. Quando a fome bater, a ideia é comer no próprio pote, basta chacoalhar bem para misturar os ingredientes e o molho.

O molho deve ser o mais simples, recomendo o caseiro, tem algumas pessoas que colocam aqueles prontos, mas como todos sabem, os conservantes e a quantidade de sódio não é a melhor opção, então faça o seu próprio tempero. Normalmente eu uso, limao, sal, azeite que é o básico, as vezes acrescento uma pimenta e mostarda. Essa é a primeira camada.
Em seguida coloque os grãos, milho, ervilha, grão de bico, feijao..etc. Tomates se forem cereja pode coloca-los  mas devem estar inteiros assim eles se mantem, caso o tomate seja normal, retire a sementes e coloque numa camada mais acima e não em contato com o molho.
Na próxima camada normalmente coloco mais legumes ralados ou picados como cenoura, beterraba, rabanetes, cebolas, pimentão...etc.
É importante que todos os ingredientes estejam bem secos.
E na ultima camada vão as folhas, você ode colocar varias delas como, alface, agrião, espinafre, rúcula, misture o que der fica muito bom. Gosto de usar os repolhos branco ou roxo, mas ai nesse caso não coloco folhas verdes misturadas, apenas um ou os dois repolhos.
Alguns dizem que milho, ervilha, tomate não é para ficar em contato com o molho, mas eu coloco e da certo.
Segue algumas sugestoes de montagens;


Algumas dicas importantes;
- Pimentão – prefira o vermelho ou o amarelo são mais digestivos e retire as sementes e a parte branca.
- cebola – normalmente eu corto em rodelas ou pedacinhos e deixo sobre um papel toalha para ficarem bem sequinhas.
- as folhas devem ser bem lavadas e higienizadas e bem secas também, é importante isso, pois as folhas são as primeiras que murcham.
- Particularmente não coloco frutas e proteínas como carnes, ovos, queijos, atum... etc, na salada de pote, não tentei então não sei se elas se conservam e/ou estragam. Recomento que frutas e essas proteínas citadas, sejam adicionadas no dia que for consumi-las.

Elas duram ate 7 dias na geladeira, eu faço e dura mesmo, desde que respeite as camadas e o pote seja de vidro e fique bem vedado e deixe na geladeira.

Na ultima camada depois das folhas as vezes gosto de colocar, amêndoas inteiras ou picadas, nozes, gengerlim, chia, uva passa...entre outros.

Espero que tenham gostado e aproveitem as dicas.
Duvidas deixem aqui embaixo que responderei assim que possível.
Beijos

domingo, 30 de novembro de 2014

SUCO DE FRUTAS VERMELHAS (DETOX E ANTI OXIDANTE)

SUCO DETOX DE FRUTAS VERMELHAS




ESTE SUCO TEM PROPRIEDADES ANTI OXIDANTES, ESTIMULA O COLAGENO, AJUDA A EMAGRECER, FAVORECE A DIGESTAO, ALEM DE TER MUITAS VITAMINAS COMO VITAMINA A, B, C, B1, B2, B3, TAMBEM MAGNESIO, FERRO E CILICIO.
MELHORA O SISTEMA IMUNOLÓGICO, ENVELHECIMENTO CELULAR, MELHORA A VISÃO.
ALEM DO QUE O SUCO FICA COM UMA COR LINDA...NAO ACHA?
OLHA QUE SHOW




VAMOS LA PARA OS INGREDIENTES ENTÃO;

1/4 DE XIC DE MIRTILLO
6 AMORAS
6 FRAMBOESAS
2 MORANGOS
1/2 XIC DE COUVE PICADA
1/2 XIC DE BETERRABA CRUA
400 ML DE AGUA

BATA TUDO NO LIQUIDIFICADOR
DE PREFERENCIA NÃO ADOCE SUBSTITUA A ÁGUA POR ÁGUA DE COCO OU USE UM POUCO DE MEL, MAS SEMPRE OPTE PELO MAIS NATURAL POSSÍVEL.
GOSTOU?
BEIJOS!!!!


PAO DE INHAME (sem glúten)

PAO DE INHAME








INGREDIENTES

 2 INHAME (1/2 XIC DE INHAME BEM RALADINHO)
1 XIC DE FARINHA DE ARROZ 
½ XIC DE FECULA DE BATATA 
1 COL DE CHÁ DE AÇÚCAR MASCAVO
1 COL DE SAL 
10G DE FERMENTO BIOLOGICO EM PO
½ XIC DE AGUA MORNA
1 OVO
2 COL DE AZEITE
½ COL DE QUINOA

½ XIC DE GERGELIM BRANCO TORRADO

MODO DE FAZER
MISTURE OS INGREDIENTES SECOS MENOS A QUINOA E O GERGELIM ABRA UM BURACO NO MEIO E COLOQUE OS INGREDIENTES UMIDOS. MISTURE TUDO COM AS MAOS MESMO E AGORA ADICIONE O GERGELIM E A QUINOA. FICA UMA MASSA MOLE.
DEIXE DESCANSAR POR 30 MIN NUM LOCAL QUENTE E SECO E LEVO AO FORNO PRE AQUECIDO POR 30 MIN EM FOGO MEDIO.

PRONTO EH SO COMER ESSA DELICIA. 

O PAO FICA BEM MACIO E FOFO E NAO CONTEM GLUTEM.

ESPERO QUE TENHAM GOSTADO
BEIJOS

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

TREINO PARA GLÚTEOS ADAPTADO



TREINO PARA GLUTEOS ALTERNATIVO

Esse treino é uma adaptação de parte do meu treino na musculação para membros inferiores.
É importante que sua parceira saiba colocar a força suficiente para gerar estimulo e ter cuidado para não forças demais nem deixar o exercício muito fraco.

Faça 2 serie de 20 repetições cada exercício  com intervalo de 30” se você já esta em atividade. E cuidado com a carga para o agachamento.
Abaixo do video segue a descrição dos exercícios.




video





Exercício 1 – abdução de quadril unilateral. Faça as duas series de um lado depois repita do outro lado.

Exercício 2 – elevação de quadril. Apoie parte de suas escapulas num banco  com uma boa altura para você descer bem o quadril. Cuidado com as costas se vocês sentir dor ou pressão esta numa posição errada ou desconfortável. Importante afastar os pés e gira-lo para fora. O apoio das mãos de quem esta aplicando a resistência deve ficar bem em cima dos ossinhos da crista ilíaca.

Exercício 3 -  extensão de quadril com caneleiras. Execute com os joelhos flexionados assim você isola mais o glúteo máximo. A carga depende de seu condicionamento.

Exercício 4 – agachamento com os pés em “V”. Cuidado com os joelhos e coluna lombar. Eu prefiro a barra na frente do corpo, pois a carga para esse tipo de aula não é muito elevada, mas se você já esta acostumada coloque a barra com cuidado nas costas e nunca em cima de ossos sempre nas parte moles isso evita desconforto e lesão.

 Essa é uma serie que você pode adaptar em sua casa, com exceção da caneleira que não da para adaptar o agachamento você pode segurar um saco de arroz, por exemplo, para dar uma carga no exercício.

É um treino muito eficiente para os glúteos, acreditem.... muito mesmo.

Espero que tenham gostado.

Beijos!!!!



segunda-feira, 10 de novembro de 2014

SAL MARINHO E SAL ROSA

SAL MARINHO


O sal marinho é o sal que resulta da evaporação da água do mar. Como não passa pelo processo de refinamento do sal de cozinha comum, o sal mineral, ele tem mais minerais.
Por isso, tem coloração mais escura e maior teor de minerais, como o magnésio, que o sal refinado. Por ser mais processado, o sal refinado é pobre em minerais. A quantidade de sódio no sal marinho é semelhante a do sal refinado. Por isso, ambos devem ser consumidos com moderação.
O Sal Marinho Natural contém cerca de 84 elementos, dentre eles: iodo, enxofre, bromo, magnésio, cálcio, etc. os quais são perdidos durante o processo de refinamento.
Com relação ao iodo, como nossa alimentação é pobre nesse mineral, ele deve ser acrescido na industrialização do sal refinado, no sal marinho e mineral, ele está presente naturalmente. O sal mineral apenas difere do marinho, quanto à sua fonte, pois enquanto o primeiro é obtido a partir da evaporação da água do mar, o sal mineral é extraído de minas subterrâneas.



SAL ROSA DO HIMALAIA


Livre de toxinas e poluentes, esse alimento, recolhido em depósito seculares do Himalaia, é considerado o sal mais puro do planeta e sua cor rosa deve-se à alta concentração de minerais em sua composição – ele carrega mais de 80 tipos de minerais.

O alto poder desintoxicante do sal rosa é benéfico para ajudar a eliminar toxinas do corpo, purificar o sangue e regular a produção de óleo pela pele. Além disso, a alta concentração de magnésio, por exemplo, é benéfica para prevenir cãibras e fortalecer os músculos e o sistema imunológico. O consumo correto desse sal ajuda também a fortalecer a saúde do sistema digestivo, prevenindo gases e prisão de ventre, além de agir como anti-histamínico natural, melhorar o humor e regular a pressão arterial
 Esse sal é o queridinho da dieta detox.

Algumas pessoas usam esses sais para banhos pelas propriedades e benefícios.

Seu uso como um banho de sal, é perfeito para o relaxamento e tonificação do corpo. Os banhos de sais possuem um amplio e conhecido efeito desintoxicante do corpo e um ativador da transpiração. Também é uma especiaria de alto valor nutritivo e pode ser usado externamente e internamente.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

DIETA DETOX - O QUE É PRECISO SABER

DIETA DETOX – O que é preciso saber






O nome detox vem da abreviação da palavra DETOXIFICATION que em inglês significa desintoxicar, ou seja, estimular o organismo a eliminar toxinas.

Segundo alguns nutricionistas funcionais a dieta detox original pode ser feita de 3 a 21 dias dependendo de cada caso, por isso para fazer esse tipo de dieta é aconselhável um profissional especializado nisso.

Segundo alguns especialista ela é dividida em 3 fase A, B e C, sendo que cada período corresponde a uma determinada seleção de alimentos.

Durante a dieta não pode consumir;
  • Nada de lactose
  • Alimentos com gluten
  • Nenhum tipo de proteína animal (nas primeiras fases depois é incluído o ovo, carnes brancas e peixe e posteriormente as carne vermelha)
  • Cafeína
  • Produtos industrializados, embutidos entre outros

Vejam bem pesquisei alguns profissionais que trabalham com essa dieta, e nem todos tem o mesmo procedimento, aqui estou somente trazendo mais informações sobre o assunto.

O que eu posso consumir durante a dieta?

Frutas, legumes, folhas, sucos, sopas, chás. De preferencia somente produtos orgânicos durante a dieta para que o corpo fique quase que totalmente livre de qualquer agente toxico.

O que a dieta detox faz?



Ela faz seu organismo funcionar melhor, ajudando o corpo a eliminar toxinas que ingerimos o tempo todo por conta da tantos alimentos industrializados, cheios de conservantes, agro tóxicos enfim....
Embora nosso próprio corpo já faça isso a detox ajuda a dinamizar esse processo, agindo principalmente no fígado que é responsável por 60% da eliminação de toxinas e o intestino que é por volta de 30%, ou seja  se o fígado e o intestino estão  funcionam bem, pode colaborar e muito no processo de emagrecimento além de um corpo mais saudável.

Quando posso fazer essa dieta?

O recomendável é fazer antes de iniciar uma dieta ou reeducação alimentar, porque assim o corpo fica livre de toxinas. Sua dieta sera muito mais bem sucedida.

O que a deita detox pode me ajudar?

  • Existe muitos benefícios como;
  • Melhora a TPM
  • Enxaqueca
  • Aumenta a disposição
  • Melhora o sono
  • Ajuda quem tem insônia
  • Melhora a pele
  • Ajuda quem tem intestino irritável (so tenha cuidado so faça quando não estiver em crise pois como o consumo de fibras é muito grande pode piorar o quadro)
  • Ajuda a melhorar a flora intestinal
  • Tem propriedades diureticas
  • Ameniza a celulite


Principalmente  se você tem o acompanhamento de uma nutricionista especializada, pois assim o profissional pode identificar varias coisas como por exemplo processos alérgicos, doenças inflamatórias, essa dieta pode auxiliar e muito em varias situações nesse aspecto.

É importante lembrar que ninguém vive de dieta detox, ela serve para fazer uma faxina no corpo, e se recomenda fazer 2x no ano ou nas datas como pos réveillon, carnaval, ou viagens onde normalmente todos saem muito da rotina.

Tambem é importante saber que quem pratica atividade física, dependendo do tempo que for fazer a dieta é necessário o uso de  suplementos ou diminuir a atividade física ou mesmo suspender, isso quem vai decidir é o nutricionista. Ate porque a dieta em si tem muito pouco nutriente e em períodos mais longos as pessoas podem sentir efeitos da baixa ingestão calórica.

Quais os sintomas que podem ocorrer durante a dieta?

Fraqueza, dores de cabeças, intestino solto, sonolência, entre outros.

A dieta detox emagrece?

Ela pode sim auxiliar no emagrecimento ate pela baixa ingestão calórica e pelo bom funcionamento do intestino e liberação de líquidos, na balança é possível baixar ate 3 a 4 quilos em uma semana, mas isso não significa gordura perdida, pois o corpo so consegue metabolizar no máximo 0,5 kg por semana de gordura, mas você pode por exemplo ter 2 kg de líquidos retidos, ou mesmo uma quantidade igual no bolo fecal, principalmente pessoas que não tem um intestino que funciona bem.

AGORA POSSO USAR DOS ALIMENTOS QUE ESTAO NA DIETA DETOX?
Claro....deve.
Todos os alimentos da dieta são excelentes,  pois eles sempre tem propriedades, estimulantes, termogenicas, anti inflamatórias enfim.





O suco verde por exemplo deve se tomar todos os dias em jejum de manha, pois como  o corpo fica muito tempo sem nenhum alimento, o primeiro alimento que recebe é absorvido com muito mais intensidade e se você toma um suco que vai liberar seu fígado, intestino e desinchar muito.
 Mas veja não é qualquer suco verde que é detox, se informe antes.

As sopas e os sucos eu introduzo no meu cardápio.

Os sucos de manha principalmente sempre que posso eu tomo em jejum, ou as vezes nos finais de semana que eu cozinho muito, fico com uma garrafinha de 500 ml e vou tomando.

As sopas eu substituo  no jantar, mas incluo as  saladas e proteínas, não retiro tudo,  as vezes tomo so a sopa mesmo, sempre incluo alguma coisa como, farinha de linhaça, gergelin, quinua que ajudam na termogênese e na saciedade.

As minhas sopas são bem concentradas então saciam bem a fome a noite.

Outra opção que você pode fazer também é tomar 2 sucos detox um pela manha em jejum e outro a noite antes de dormir (verifique qual suco), e substituir o prato principal do almoço e jantar sem tirar as saladas e a proteína de preferencia magra por uma semana, isso ajuda muito a dar uma enxugada no corpo, veja isso que estou sugerindo não é dieta detox, apenas estou utilizando alguns elementos da detox para dar um incrementada na semana. É o que eu faço as vezes.

Espero que vocês tenham gostado e possam tirar mais proveitos das sopas e sucos principalmente.

Beijos a todas e uma ótima semana


domingo, 14 de setembro de 2014

SOPA DE ABOBORA CABOTIÁ COM GENGIBRE (DETOX)

SOPA DE ABOBORA CABOTIÁ COM GENGIBRE



Ingredientes:
½ abobora cabotiá sem casca
1 col de sopa de gengibre ralado
1 col de azeite de oliva ou óleo de coco
1 pimentão verde (sem sementes e sem a parte branca)
3 dentes de alho
1 cebola
1 cenoura media
Sal a gosto

Modo de fazer:
Refogue a cebola, o alho, o pimentão no azeite ou no óleo de coco. Adicione os outros ingredientes picados, e coloque agua o suficiente e deixe cozer ate a abobora esta bem macia.
Bata tudo no liquidificar coloque sal a gosto.
Pode congelar
Rende mais ou menos 5 a 6 porções.

PROPRIEDADES DA ABOBORA CABOTIÁ
Não é muito calórica e tem baixo índice glicêmico, além de ser excelente fonte de fibras. Rica em betacaroteno, é recomendado para atletas no pós-treino que é uma forma de recuperar a energia gasta.